Foz do Iguaçu, Paraguai, Ciudad Del Este, Itaipú e Argentina

É a segunda vez que visitamos esta região do Brasil, devo confessar que as Cataratas de Foz são um espetáculo a parte, uma beleza natural difícil de encontrar em outro lugar do mundo, não sou conhecedor de cataratas, mas acho que é quase uma obrigação patriótica para todo brasileiro visitar as Cataratas.

Agora Itaipu é o tipo de passeio que já que você esta lá vale perder meio dia e visitar. É muito bonito e grandioso, mas não impressiona.  A fronteira do Paraguai com compras é um lugar horrível, de uma visita para a outra foi um intervalo de mais de 10 anos e nada mudou ruas esburacadas, barracas espalhadas pela cidade, povo comendo sentado no chão, sujeira, desorganização e muitos espertinhos querendo levar alguma vantagem. Comprar produtos originais no Paraguai nem sempre vale a pena, depende muito do dólar e do produto desejado. É muito comum na volta pra casa histórias de fui enganado. Então cuidado. O que salva são pequenos shoppings que tem muitas lojas e muita novidade. Da pra se esbaldar comprando bugigangas.

Os passeios que recomendo são o Parque das Araras, organizado e importante, pois a maior parte das aves foi resgatada do tráfico de animais ou reproduzida lá mesmo.  e as Cataratas, tem um museu de cera, miniaturas de pontos turísticos famosos e o vale dos dinossauros, o Dreamland que se fosse de graça ou quase eu indicaria fora isso é muito infantil, e para os adultos o preço não justifica a entrada.

É Claro que tem as lojinhas de artesanato, o show típico na churrascaria e o famoso Free Shop Argentino, caro, mas muito lindo. Até que algumas coisas o preço é o mesmo do que o do Paraguai, porém é uma loja grande e produtos de qualidade. Como a visita é gratuita eu indico uma passada.

É Claro que você tem duas formas de chegar até lá pacotes rodoviários ou aéreos, nos rodoviários são mais de 12 horas nos ônibus, é cansativo, mas se a turma e o guia forem divertidos, da pra passar o tempo. No aéreo o entrosamento é menor, porém é claro que o preço justifica o tempo que você pode aproveitar no destino. A escolha é sua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado