Uma grata surpresa, cidade acolhedora e agradável.

Quando falamos de Bolívia pensamos logo em um lugar pobre, e de fato é o pais mais pobre da América latina, antes do advento Venezuela, mas também é um lugar rico em cultura andina, nossa viagem estava programada para pegar um ônibus para La paz, mas ao depararmos com o as condições de ônibus e um aviso de acidente na estrada informado que a viagem poderia durar até 4 dias, acabamos por ficar uma semana direto em Santa Cruz, a cidade mais rica da Bolívia.

Os ônibus que levam até Cochabamba ou La Paz são extremamente desconfortáveis, se você procura conforto e agilidade este não é um dos caminhos. Pesquise ir de avião, pode ser uma alternativa até mais em conta.

O centro de Santa Cruz é bem desenvolvido oferecendo uma agradável estadia, bons restaurantes, uma praça central muito agradável e um ambiente receptivo.

Nas proximidades você encontra o zoológico e alguns parques de proteção ambiental, mas honestamente não é uma cidade que recomendo passar mais do que 2 a 3 dias.

Cada dia pegávamos um ônibus para uma cidade vizinha e passávamos o dia caminhando e conhecendo os arredores. Uma econômica baseada na agricultura cria um clima de cidade interiorana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *